Iniciativas desenvolvidas pelo Sicredi para incentivo do protagonismo das novas gerações têm gerado resultados positivos e reconhecimento internacional

A inclusão de jovens nas instituições financeiras cooperativas é um desafio global capitaneado pelo Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (WOCCU – World Council of Credit Unions). A participação das novas gerações garante a sustentabilidade do sistema que, em todo mundo, forma uma rede com mais 291 milhões de pessoas de 118 países. Esse é um modelo de negócio pautado pela melhoria da qualidade de vida dos associados e das comunidades. 

Engajado nesse compromisso, e com o objetivo de ampliar o desenvolvimento do cooperativismo, o Sicredi tem realizado, ao longo dos anos, iniciativas para a renovação do quadro social e a formação contínua de  jovens em cargos de liderança no cooperativismo e na sociedade. Nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, o Sicredi desenvolve a iniciativa do Comitê Jovem em 21 cooperativas, com o envolvimento de cerca de 600 membros ativos. O projeto tem conquistado resultados positivos de grande engajamento e já está sendo realizado em outras regiões do Brasil.

“O fomento do protagonismo jovem no cooperativismo é fundamental porque incentiva a transformação de um projeto, um sonho, em uma ação prática nas comunidades. A iniciativa ainda preenche um espaço importante de autorrealização nos jovens. Isso  porque eles são incentivados no desenvolvimento de atividades que impactam positivamente pessoas, comunidades e o meio ambiente. Esse sentimento de ‘vai lá e faz’ integra os requisitos que o Sicredi almeja nas pessoas para liderar a nossa organização”, comenta o presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock.

As cooperativas do Sicredi com atuação no Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro têm realizado iniciativas voltadas aos jovens nos últimos anos. Crédito: divulgação/arquivo Sicredi
Reconhecimentos

O modelo brasileiro de inclusão de jovens cooperativistas já serve como inspiração para outros países. Em 2020, motivados pelos resultados positivos obtidos pelo Sicredi, por meio do Comitê Jovem, uma delegação internacional ligada ao WOCCU visitou cooperativas com atuação no Paraná com objetivo de replicar o modelo internacionalmente a partir de inspirações observadas na prática.

Diferentes iniciativas de jovens cooperativistas também receberam destaque internacional ao longo dos anos. No ano passado, motivado pelo sentimento de protagonismo despertado pelo Comitê Jovem, o associado do Sicredi, Vinícius Mattia, de 26 anos, foi reconhecido no WYCUP – World Council Young Credit Union People, com um projeto de incentivo à agricultura familiar e à produção de alimentos sustentáveis. O programa premia ações de impacto positivo nas comunidades e com potencial de influência global no cooperativismo de crédito. Para a edição de 2021 do WYCUP, o Sicredi conta com 40 jovens inscritos.

Segundo o presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ, o incentivo ao protagonismo jovem reforça os ideais do cooperativismo como ajuda mútua, solidariedade e fomento ao desenvolvimento regional. “Engajar jovens em ações com propósito é fundamental porque, dessa maneira, estamos construindo juntos uma sociedade mais próspera na qual nós todos queremos viver. Se tivermos crianças, jovens e adultos alinhados com esse pensamento cooperativo, nós vamos estar vivendo em uma sociedade melhor”, finaliza.

Crédito foto em destaque: Rafael Danielewicz/arquivo Sicredi